Compreensão dos transtornos de personalidade: como reconhecê-los?

Table des matières

Os transtornos de personalidade são condições psicológicas que afetam a maneira como uma pessoa pensa, sente e interage com os outros. Muitas vezes não reconhecidos e mal compreendidos, esses transtornos podem ter um impacto considerável na qualidade de vida das pessoas afetadas e das pessoas ao seu redor. Para ajudá-lo a entender melhor e a reconhecer os diferentes tipos de transtorno de personalidade, este artigo analisa os sintomas, as características mais importantes e as classificações relacionadas a cada um deles.

O que é um transtorno de personalidade?

Um transtorno de personalidade é definido como um conjunto de pensamentos, emoções e comportamentos que são parte integrante da personalidade de um indivíduo, mas que se tornam tão rígidos e generalizados que afetam a vida cotidiana. Esses transtornos variam em intensidade e duração, mas geralmente persistem por toda a vida, dificultando o estabelecimento de relacionamentos saudáveis e consensuais com outras pessoas. Entretanto, é essencial observar que cada pessoa com transtorno de personalidade é única e não necessariamente apresenta todos os sintomas descritos.

Classificação dos transtornos de personalidade

Troubles de la personnalité

De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5), os transtornos de personalidade são classificados em três grupos principais, conhecidos como “grupos”. Cada um desses grupos é caracterizado por características comuns que distinguem os transtornos dentro dele.

Grupo A – Transtornos excêntricos

Esse grupo reúne os transtornos cujos sintomas incluem uma maneira estranha, excêntrica ou bizarra de pensar e agir. Ele inclui:

  • Transtorno depersonalidade esquizotípica: esse transtorno é marcado por comportamento excêntrico, ideias incomuns e interações sociais difíceis.
  • Transtorno de personalidadeparanoide: as pessoas com esse transtorno têm um sentimento persistente de desconfiança em relação aos outros e estão convencidas de que os outros estão tentando prejudicá-las.
  • Transtorno depersonalidade esquizoide: caracterizado por distanciamento emocional e desinteresse em relacionamentos interpessoais.

Grupo B – Transtornos dramáticos

Os transtornos do grupo B estão associados a emoções intensas e instáveis e a comportamentos imprevisíveis. Eles incluem:

  • Transtorno de personalidade antissocial: os indivíduos demonstram falta de consideração pelos direitos dos outros, comportamento manipulador e falta de remorso.
  • Transtorno depersonalidade limítrofe: caracterizado por instabilidade de humor, medo intenso de abandono e comportamento impulsivo.
  • Transtorno depersonalidade histriônica: as pessoas com esse transtorno buscam constantemente atenção e apresentam comportamento teatral e dramático.
  • Transtorno depersonalidade narcisista: manifesta-se por uma forte necessidade de admiração, falta de empatia e sentimentos de superioridade.

Grupo C – Transtornos de ansiedade e medo

Os transtornos do Grupo C são caracterizados por pensamentos e comportamentos influenciados pelo medo e pela ansiedade. Esse grupo inclui :

  • Transtorno da personalidade evitativa: os indivíduos em questão demonstram sentimentos de inferioridade e ansiedade intensa em situações sociais, o que os leva a evitar o contato com outras pessoas.
  • Transtorno depersonalidade dependente: uma necessidade excessiva de ser cuidado e uma recusa em tomar suas próprias decisões.
  • Transtorno depersonalidade obsessivo-compulsiva: os indivíduos com esse transtorno são preocupados com perfeição, ordem e controle, correndo o risco de afetar seu bem-estar emocional e seus relacionamentos.

Como podemos reconhecer os sintomas dos transtornos de personalidade?

Embora cada transtorno de personalidade tenha seus próprios sintomas específicos, alguns sinais podem ser indicativos de um problema subjacente:

  • Dificuldade em estabelecer e manter relacionamentos interpessoais saudáveis
  • Resposta emocional desproporcional ou inadequada
  • Comportamento autodestrutivo ou impulsivo
  • Necessidade excessiva de controle ou dependência dos outros
  • Sentimentos crônicos de insatisfação ou vazio interior

Se você acha que tem um transtorno de personalidade, ou se reconhece esses sintomas em alguém que conhece, é aconselhável consultar um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra. Ele poderá ajudá-lo a identificar a origem do problema e estabelecer um tratamento adequado.

Partagez la publication :

A Lire Aussi :